Nossas gavetas

Nossas gavetas

Nós demoramos um tempo até entender que o amor não deve fazer mal. A gente precisa quebrar a cara algumas vezes para perceber isso. Passamos boa parte da vida procurando por algo sem saber bem o que é. As pessoas passam pela nossa vida e vão deixando um pouquinho delas na gente. E aí acabam nos ajudando a conhecer melhor o nosso coração. A verdade é que você ainda não estava pronto quando aquele grande amor do passado apareceu. Foi por isso que ele escapou. Foi por isso que ele te deixou escapar. Não existem culpados. Assim vamos deixando pessoas especiais pelo caminho. As folhas caem das árvores, mas acabam se encontrando pelo chão. Vida que segue. Há quem diga que só amamos uma vez na vida. Eu prefiro acreditar em amores únicos. E que o nosso coração tem uma gavetinha especial para cada um deles. Aquele primeiro amor platônico. Aquele outro arrebatador. Um outro mais calmo, mas que te ensinou muita coisa. Tem a gaveta das paixões proibidas, as de verão e aquelas onde a gente guarda quem dividiu o cobertor durante o inverno. A verdade é que a gente aprende um pouquinho com cada um. Tanto com as grandes histórias, quanto com aqueles amores não correspondidos. Cada peça vai ajudando a montar a imagem do quebra-cabeça que a gente acaba se tornando. Espero que o seu coração esteja bem. Que esteja pronto para ser invadido mais uma vez. Do lado de cá da tela, o coração do escritor segue batendo descompassado. A solidão inspira, mas parece que ainda falta alguma coisa. Tem um arranhãozinho aqui no canto esquerdo que me faz lembrar alguém que ficou no passado. Tem também uma canção que eu costumo guardar com carinho. Aquela viagem ocupa um armário inteiro. A suíte presidencial segue reservada. Um tapete vermelho para aquela que vem pra ficar. Que eu saiba respeitar o seu caminho até aqui. E que ela saiba que eu só estou pronto hoje porque tudo isso eu vivi. Seja bem-vinda, meu amor. Fique à vontade. A casa é sua. Não repara na bagunça. Sabe de uma coisa? Eu esperei a vida inteira para ter você aqui.


6 de novembro de 2017

24 respostas para “Nossas gavetas”

  1. Fernanda disse:

    Não para tudo com esse texto
    Tops tops

  2. Keliane disse:

    “Cada peça vai ajudando a montar a imagem do quebra-cabeça que a gente acaba se tornando”…Eu adoro seus textos! Obgda por dividi los conosco! Bjos😘

  3. Elaine disse:

    Até suspirei…

  4. Simone disse:

    Caraca 😍

  5. JÉSSICA DE OLIVEIRA disse:

    Que lindo, Rafa! Amo ler seus textos ♥️

  6. Sara disse:

    Rafael sempre nos descrevendo como nínguém <3

  7. Bruna Passos disse:

    Lindo texto! 😍❤👏👏👏

  8. Daniel Barros disse:

    Nossa que texto lindo. Gostaria de enviar um texto também de minha autoria, como faço?

  9. Gabriel Monteiro disse:

    Gostei muito Rafael
    Acho que posso dizer que também que sou poeta kkkk
    Escrevo algumas coisas, tenho mais de 60 poesias autorais
    Só queria uma oportunidade de trocar uma ideia contigo
    Quem sabe você poderia publicar alguma obra minha…

  10. Eduardo souza disse:

    Vc realmente inspira vidas. Eu mesmo escrevo pensamentos e sentimentos no papel graças a seus textos. São chuvas e mais chuvas de emoções que fluem como o sangue nas minhas veias. Suas histórias têm vários sentidos na minha vida. Obgd por compartilha-las ❤

  11. Pedro Regis disse:

    São texto maravilhoso. Amei lê parabéns pelo texto.

  12. Vitória disse:

    Esse texto relata tão bem o que eu venho vivendo de um tempo pra cá. Já li e li novamente e por aí vai. Engraçado que toda hora que leio acabo chorando. Neste exato momento em que escrevo também choro kkk
    Sou muito complicada, bipolaridade aqui já é normal.
    Lendo o trecho “[…] Tanto com as grandes histórias, quanto com aqueles amores não correspondidos. […]” lembrei do meu ex. Sinto que o perdi mas que ao mesmo tempo me livrei, não me entendo muito bem. Comecei a namorar com ele dia 17 de junho, e terminei dia 24 do mesmo mês, ou seja, namorei por sete dias e no último dia não sentia mais nada.
    Depois de tomar gaia de 3 namorados que eu tive, hoje posso dizer que estou mais preparada que nunca, meu coração amadureceu, se fortaleceu, e hoje não abre as portas pra qualquer um que meu cérebro diga:
    ” – Ahhh! Esse é o cara certo. ”
    (E olha que meu cérebro me enganou 3 vezes 😪)
    E mesmo não gostando eu acabo gostando e no fim, dentro de pouco tempo, acabo odiando. Odiando não, o ódio é um sentimento muito forte. Eu apenas deixo de gostar…
    Mas enfim. Consegui soltar tudo aquilo que ainda estava guardado aqui. Vou procurar me destrair. Viajar. Melhor dizendo, me conhecer mais.

  13. Fabia disse:

    Melhor texto 😭😭😭

  14. Bianca disse:

    Suas palavras m acalmam, VC não sabe o qnt m faz. Principalmente hoje! Hoje supereu todos os papéis de trouxa q já havia feito na minha vida. Obg por m fazer tbm, sempre q eu leio suas palavras recupero um pedacinho de mim q se perdeu.

  15. Laura disse:

    Oi Rafa! Faz tempo que acompanho seus textos e só tenho a agradecer por conseguir expressar em palavras sentimentos que vivenciamos com a alma. Sabe quando leio seus textos parece que cada coisa toma forma na vida, que você realmente entende o que se passa no coração de seus leitores. Sempre tem alguém dizendo e referindo que se encontra nas suas palavras, pois faço parte dessa categoria. Que seu caminho seja sempre recheado de palavras certas, para continuar a encantar as pessoas com seus livros de alma! O mundo merece mais escritores como você.

  16. Adervânia Cabral Cunha disse:

    Eu prefiro acreditar em amores únicos.
    Eu prefiro acreditar em momentos inesquecíveis.
    Eu prefiro guardar as lembranças, seja quais forem. Boas ou ruins!
    Eu prefiro acreditar que as coisas um dia se encaixam
    Eu prefiro acreditar que o amor existe, e que um dia ele chegue até mim…
    Você traz bastante inspiração, Rafa rsrs, a começar pelo nome!

  17. Laerson Lara disse:

    Simplesmente espetacular.

  18. Sávio Luciasse Marely disse:

    Rafa os seus textos sao minha fonte de inspiração na superacao de certas coisas.

  19. aline disse:

    E esse tapa na cara?

  20. Tamires Sousa disse:

    Lindo 🙏

  21. Jessyane Tavares disse:

    “Um tapete vermelho para aquela que vem pra ficar. Que eu saiba respeitar o seu caminho até aqui. E que ela saiba que eu só estou pronto hoje porque tudo isso eu vivi. Seja bem-vinda, meu amor. Fique à vontade. A casa é sua. Não repara na bagunça. Sabe de uma coisa? Eu esperei a vida inteira para ter você aqui.”
    Obrigada por nos presentear com suas palavras e reflexões.

  22. Maria Djaneide disse:

    Oi… Suas palavras me fazem bem, conheci vc através do meu grande amor, que sempre foi muito sensível e amoroso, mas como o texto diz… Exiate gavetintinhas pra guardarmos as melhores coisas da vida!!! Suas palavras trouxeram conforto ao meu coração!! Sigo Amando a vida!!

  23. Maria Djaneide disse:

    Oi… Suas palavras me fazem bem, conheci vc através do meu grande amor, que sempre foi muito sensível e amoroso, mas como o texto diz… Existe gavetintinhas para guardarmos as melhores coisas da vida!!! Suas palavras trouxeram conforto ao meu coração!! Sigo Amando a vida!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *