"Não prometo sorrisos nem lágrimas, mas é provável que aconteçam."

A falta que você me faz.

Finalmente a ficha caiu. Estou escrevendo para dizer que esse vazio no peito e essa falta que você me faz já não são mais suportáveis. Eu realmente sinto muito. Resolvi deixar o orgulho de lado e assumir que eu não te valorizei o quanto você merecia. Ainda não sei como pude estar tão cego. Você estava aqui tão […]

Leia Mais


13 de agosto de 2012

Culhões

Existem várias formas de uma pessoa morrer, mas de viver eu só conheço uma: sem medo. O medo te restringe, te aprisiona e te faz refém. O medo te priva de novas lições, novas experiências e novas conquistas. Aquele frio na barriga não é medo. É ansiedade, apreensão, adrenalina. Medo é quando essas situações te impedem de […]

Leia Mais


1 de agosto de 2012

Bagagem emocional

Bagagem emocional

Talvez seja essa a grande vilã dos relacionamentos. A bagagem emocional. O resquício, o trauma, as mazelas, as lembranças. Tudo isso gera insegurança e medo do novo. O medo do “de novo”. O medo de se entregar, de acreditar, de se dedicar e de se decepcionar. E tudo isso porque alguém, certa vez, teve a […]

Leia Mais


3 de julho de 2012

Um poema para você.

Ela só queria se encontrar, ele só queria a encontrar. Ele voltou a acreditar, ela só quer esquecer. Ela era tudo que ele sempre sonhou, ele prometia tudo que ela já não acreditava mais. Ele só quer se apaixonar de novo, ela pensava em nunca mais se entregar. Ela é a pessoa errada na hora […]

Leia Mais


10 de junho de 2012

Bairrismo no futebol é burrice!

Bairrismo, por definição: “é a qualidade ou ação de quem freqüenta ou habita uma região. Quem defende os interesses do bairro ou de sua terra tanto por atitudes de defesa exacerbada de suas alegadas virtudes, ou, por analogia, da terra natal de alguém. O termo geralmente possui uma conotação negativa, pois ao bairrismo está vinculada […]

Leia Mais


24 de maio de 2012

Meus primos, meus irmãos.

Em tempos de famílias reduzidas, com poucos filhos e irmãos distantes, eu sempre tive meus primos. Os mais velhos que me apresentaram o mundo, e os mais novos que me fizeram parecer importante. Os da minha idade que cresceram junto comigo e os bem mais novinhos que foram minha primeira experiência paterna. Tenho aqueles primos […]

Leia Mais


11 de abril de 2012

Opte pelo eterno, ignore o momentâneo.

Poucas coisas duram para sempre, principalmente no que diz respeito a um relacionamento. A beleza acaba com o tempo, as prioridades mudam, os gostos e as opiniões também. Quase tudo que você ama em alguém pode ser cruelmente apagado pelo tempo. Aquele olhar perde o brilho, aquela barriguinha se multiplica, os bens materiais se vão. […]

Leia Mais


6 de março de 2012