Status de relacionamento: SURFISTA

Status de relacionamento: SURFISTA

Ei, você aí! Não se cobre tanto assim. Essa incerteza que você sente é normal. Quer escutar um conselho de um surfista que já está há algum tempo no mar? Então, aí vai! Só vá para praia quando tiver provado todos os prazeres e dissabores do mar. Entende o que eu digo? Encontre o seu grande amor, mas, primeiro, passe um carnaval em Salvador. Encontre a sua alma gêmea, mas não sem antes conhecer outras por aí. Como você saberá identificar a pessoa certa, se não conhecer algumas erradas primeiro? Encontre a sua grande paixão, mas, primeiro, se encontre. Conheça a ti mesmo para entender do que gosta e do que não gosta. Para saber do que precisa. Se é que precisa. Como você saberá que o doce de leite é o seu favorito se você não provar nenhum outro? Parece óbvio, mas vale destacar: a pessoa certa chegará na hora certa. No momento exato! Quando você estiver preparado. Quando tiver certeza do que quer. Quando poderá sentar na areia sem desejar o mar. E, é claro que, enquanto você ainda estiver surfando, as pessoas irão te gritar lá da areia. Uns por estarem infelizes e não suportarem te ver assim tão bem. Outros, porque estão felizes lá e desejam que você fique também. Talvez porque só consigam enxergar sentido no modo de vida que escolheram. Tenha calma. A prancha é sua e você a aposenta quando quiser. E também não é vergonha nenhuma reconhecer uma escolha errada, abandonar a praia e voltar a surfar. Entenda! Nossa missão neste mundo é ser e fazer as pessoas ao nosso redor felizes. E, se tiver que optar, fique sempre com a primeira opção. Afinal, sem ela a segunda se torna impossível. Olha, se você deu a sorte de encontrar a onda ideal ainda cedo, meus parabéns! O que eu estou tentando é evitar futuras frustrações. O “e se” dói muito mais que um “que merda que eu fiz.” Quer saber? Isso aqui é só um relato de um cara que está muito bem aqui no mar. Felicidade não possui manual de instruções. Encontre a sua e depois volte pra me contar. A gente se vê em uma festa em Ibiza ou em uma fila de pipocas em um cinema qualquer. Só te adianto que, se for na segunda situação, acho que ainda vai demorar. Tomara que sim. Por enquanto eu ainda prefiro o brigadeiro inteiro.


4 de julho de 2016

14 respostas para “Status de relacionamento: SURFISTA”

  1. Alexandra disse:

    Sempre incrível!

  2. Rosanny Danyelle disse:

    👏👏👏👏Amei👏👏👏👏

  3. Jessica disse:

    Simplesmente o melhor

  4. Thais Jorrana disse:

    Eu amo os seus textos… 😍❤👏👏👏👏👏👏👏

  5. lua disse:

    Ameiii
    Lindo texto, como sempre!

  6. Wellington Goga Oliveira disse:

    Caro Surfista Rafael, o que dizer sobre os dons que foram distribuídos por aí, mas que uns aproveitam, outros deixam de lado. O que quero de dizer con tudo isso é que a cada texto existe um ato maior de um fato de maturidade, a cada texto eu faço um desenho, faço nesmo, porque parece que era disso que eu precisava “inspiração”, quando você fala sobre o mar, mesmo eu morando na região serrana do RJ, eu consigo sentir a brisa, o sol, os sons, tudo que traz paz, daí minha arte surge. Hoje lendo mais um magnífico texto pude compreender o que dizem sobre “talento” sabemos que não somos os melhores, mas provamos fazendo o NOSSO MELHOR… Espero sempre poder ler todos os textos, espero sempre poder desenhar todos eles, espero sempre surfar as melhores ondas assim igual a você.

  7. suelyn cristini disse:

    O texto mais que PERFEITO!

    A gente se vê em uma festa em Ibiza ou em uma fila de pipocas em um cinema qualquer. Só te adianto que, se for na segunda situação, acho que ainda vai demorar. Tomara que sim. Por enquanto eu ainda prefiro o brigadeiro inteiro.

  8. Karla Christina disse:

    Amoooooo de paixão seus textos! Me identifico com todos eles de maneiras diferentes. Que Deus continue te abençoando sempre grandiosamente Rafael, com o seu dom, ajuda bastante gente! Um beijo.

  9. jordana disse:

    arrazaaaaaaaaaa continue escrevendo,nao tenho nenhum livro seu mas sigo vc no instagram e amo
    parabens
    continue escrevendo
    quero ter a honra de ler um livro teu

  10. Gabriela disse:

    Texto de arrepiar. muito bom!!

  11. Allison disse:

    Rafael, por acaso encontrei o seu blog nesta madrugada enquanto procurava alguns textos de reflexão (gosto de textos assim) e desde o primeiro que li, não consegui de parar de ler os outros que fui encontrando por aqui. Meus parabéns! Você é um artista que sabe realmente transmitir a mensagem certa à pessoa que tanto a procura. Consegue ir no mais íntimo da pessoa com as suas palavras! Isso sim é um dom! Tenha certeza que a partir de hoje serei um leitor assíduo do seu blog. Mais uma vez parabéns pelo incrível trabalho que vem fazendo e que vem conquistando cada vez mais leitores. Abraços!

  12. Luma Christine disse:

    Cara quanta inspiração, palavras simples mas de grande preciosidade! Acertou direitinho em meio tanta modernidade de hj! Usa momentos e trechos de musicas q nossa mente diz putz, que legal!

  13. Nyldes disse:

    Muito me identifiquei, muitoooo ! Estou vivendo isso.. Morando junto , sem saber se era isso o que eu queria …

    Que maravilha de texto

  14. Daniele disse:

    Aiinw tão bom ler esse texto *-*

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *