Os cinco

Depois de tudo que tenho observado por aí, chego à conclusão de que, no que diz respeito ao status de relacionamento, existem, basicamente, 5 tipos de pessoas: 1) OS ESPERANÇOSOS: que estão procurando por alguém especial que será capaz de fazê-los felizes. 2) OS SORTUDOS: que já encontraram esse alguém. 3) OS ILUDIDOS: que acham que encontraram essa pessoa, mas que logo quebrarão a cara. 4) OS DESILUDIDOS: que quebraram a cara ao descobrir que estavam no grupo 3 e não no 2 e, por isso, não querem se relacionar temporariamente com mais ninguém. 5) OS SURFISTAS: aqueles que já entenderam que não precisam necessariamente encontrar alguém para serem felizes. Sabe, eu realmente admiro o grupo 2. Acho demais aqueles casais que conseguem estabelecer uma parceria de verdade. Aqueles que não precisam se multilar para dar certo. Eu sei que isso está cada vez mais raro, mas eles ainda existem, e não é difícil reconhecê-los. A sintonia é palpável. Você percebe logo quando encontra com os SORTUDOS. O brilho nos olhos, a reciprocidade, a autenticidade, a autoconfiança, o carinho mútuo. Eles são o que todos, no fundo, em algum momento, gostaríamos de ser. É realmente lindo de se ver. Tão lindo que tem gente que fica fissurada quando está no grupo 1 esperando a tal pessoa especial, e se esquece de viver. O problema é que anda cada vez mais difícil conseguir algo assim. Por isso as pessoas se perdem em meio aos outros grupos. E é aí que você aposta as suas fichas achando que finalmente se tornará um SORTUDO, mas acaba se descobrindo um ILUDIDO. Essa sim é uma das maiores decepções que uma pessoa pode enfrentar. A dor de ter que reconhecer que escolheu errado. Que se entregou para quem não merecia. Que desperdiçou o seu tempo. E aí você chega ao número 4 e entra para o time dos DESILUDIOS. É quando perde um pouco da fé nas pessoas e nos relacionamentos. Mas, que saber? Essa fase não dura muito. Cada um sofre o tanto que acha que merece sofrer e, logo depois, volta a ser um ESPERANÇOSO. Quem sabe tenha sorte dessa vez. Quem sabe quebre a cara novamente. Acontece que, depois de perambular pelos outros 4 grupos, talvez, se der sorte, você chegue ao número 5. Ah! A fase dos SURFISTAS! É tão mais fácil e saborosa a vida assim. É tão leve e libertador não depender de outra pessoa para ser feliz. É incrível a infinidade de coisas sensacionais que acontecem na sua vida quando você entra para o número 5. Novos amigos, novas histórias, novas viagens, novas oportunidade e, porque não, novos amores. Eu sei, parece estranho, mas o caminho mais confiável para se chegar ao grupo 2, ainda é aprendendo a ser do grupo 5. Porque só existe uma coisa mais legal do que ser do grupo dos sortudos. É ser dele depois de ter passado um bom tempo surfando. E você aí lendo este texto? Em que grupo está? Se estiver no 2, meus sinceros parabéns. Espero reencontrá-lo na areia daqui algum tempo. Quem sabe marcamos um jantar de casais. Agora, se você está em qualquer um dos outros grupos, sinta-se convidado. Tem espaço de sobra aqui em alto mar.


6 de julho de 2015

36 respostas para “Os cinco”

  1. Tatiana disse:

    Nossa, um belo texto para um inicio de semana. Alguns anos atrás estive no grupo numero 1, mas hoje, digo com muito prazer, pertencer ao grupo 5. Descobri que não preciso estar com alguém para ser “feliz”, só precisei mudar minha visão e encontrar a felicidade nas coisas simples da vida e detalhe, com os amigos que eu permiti escolher. Grande Abraço.

  2. Raquel disse:

    Estou doida para entrar no grupo 2….

  3. Chris Calixto disse:

    Cada dia me encanto mais pelas coisas q vc escreve Rafael. Quanta sabedoria em um texto tão simples, disse tudo. Analisarei em que grupo estou, mas acredito estar me encaminhando para o cinco aos poucos =)

  4. Rebeca Silva disse:

    Ahh esse grupo 5 que não me deixa, ou sou eu quem não deixo ele?!Eu nem sei Kkkkkkkk

    O única coisa que sei é que a cada dia me encanto mais com os seus textos Rafael.
    Parabéns

  5. Simone Mendes disse:

    Depois de um longo e muito bem vivido tempo no grupo 5 sim estou no grupo 2 e bem feliz!
    Também já estive nos demais grupos ate aprender e entender que o 5 era o caminho certo! Tudo é aprendizado, posso voltar aos outros sim, tenho ciência disso, embora imagino que se chegar (ou quando chegar) ao fim irei novamente e direto para o grupo 5. 🙂 Amo seus textos.

  6. Nívea disse:

    Estou no grupo 4 e neste momento sofrendo mto. Mas sei q vai passar “sofrer é uma opção”. Sucesso Rafael!!!

  7. João Pedro disse:

    Cara acabei de descobrir seu site e to gostando muito.
    Eu to igual o 4 achei que estava no 2 mais estou no 3.
    O pior que agente sabe, mas ainda insistimos em acreditar que vamos conseguir mudar algum dia, não importa quantas vezes quebramos a cara.

  8. Lucas Pimentel disse:

    Estou no grupo 5, e de verdade? Quando você entra nele não quer sair mais… só se realmente, valer MUITO a pena!

    • Priscila disse:

      Realmente Lucas, Faço de suas palavras as minhas. Depois de muito tempo perambulando nos outros grupos, hoje sim!!! Estou na fase 5 e daqui é muitooooo melhorrrrrrr amor próprio melhor não há!!!

  9. Van disse:

    Grupo 05 acho que desde sempre… rsrsrs…

  10. Ana Caroline Barbosa disse:

    Sabe, eu acho que não seja bem a intenção, mas toda vez que leio um texto seu eu me emociono demais, choro quase sempre. Parece que é um tapa na minha cara. Admiro demais seu trabalho.

  11. Jefferson disse:

    Pois é já passei pelo 3,4 e cheguei ao 5.
    Me encontrei de verda no 5,no começo era uma brincadeira depois uma forma de esquecer e por fim descobri no surf o amor,mas não qualquer amor,um amor único que faz você se conhecer,amar a vida, respeitar a natureza e viver em uma sintonia única que o mar e o dislizar nas ondas lhe trás

  12. Thaiz disse:

    Parabéns por esse dom maravilhoso! Amo os seus textos, e agora eu vou no insta ou venho aqui no blog todos os dias ler um pouquinho, como eu não tenho esse talento eu fico admirando o seu, e divulgando para os meus amigos rsrs
    Que Deus te dê cada vez mais inspiração, sabedoria e criatividade, e que Ele te use pra que a cada dia você possa chegar em mais pessoas e ‘falar’ com elas, o que elas precisam ouvir.
    Venha para o Rio, quero muito #umlivrodope hahahahahaha
    Beijos.

  13. Mart Reff disse:

    Muito bom esse texto!
    Aliás, todo seu site dá vontade de passar horas e horas lendo. Coisa qe eu, em especial, já fiz.
    Meus sinceros parabéns!
    Abraços.

  14. Beatriz disse:

    hahaha com todo o prazer!

  15. Thais Ferreira disse:

    Estou no grupo ‘2’ a 07(sete) anos e me encontro muito feliz por sinal.
    Não pretendo sair desse grupo, se Deus permitir formarei família e alegremente contarei aos meus filhos tudo que vivi!!!

    • Thais Ferreira disse:

      O melhor é sentir que o amor se renova todo dia e com certeza com a mesma intensidade, e o amor quando é reciproco não tem preço.

  16. luciano disse:

    Muito bonito o texto e gostaria de deixar público que há 19 anos me encontro no grupo 2 e muito feliz.

  17. g disse:

    conheço quem surfou bastante antes de entrar para o grupo 2.aproveitar a vida antes de assumir as responsabilidades

  18. Andréa Alves disse:

    Suas palavras me conforta. Parabéns que Deus continue lhe iluminando com belos pensamentos. Querido quero um exemplar de seu livro, seria possível um autógrafo seu ? Sou de Manaus. Beijo beijo 😉

  19. carina cunha disse:

    Sou sua fã, amo seus textos!!!

  20. Cristiane Ribeiro disse:

    Que texto!!! Me fez parar para refletir… fui por oito anos do grupo 2 … infelizmente, o livre arbítrio do outro me colocou no grupo 4 … dois se passaram, nesse período pertenci ao grupo 3 e muito mais ainda ao grupo 1 … vivo no grupo 1… Aff! Luto diariamente para conseguir ser do grupo 5 … mais ser DE VERDADE… UMA SURFISTA PROFISSIONAL!!! E com muita fé em Deus, um dia ter a oportunidade de, novamente ser do grupo 2 … Quero muitooooo comprar o seu livro para conseguir não mais viver no grupo 1. Parabéns a você Rafael! Deus continue lhe abençoando com tamanha sabedoria!

  21. Milena Sandi disse:

    Estou Louca atras do livro… Se alguem puder me falar um site que vou achar! Obrigadaa

  22. altiene disse:

    É SIMPLESMENTE PERFEITO TUDO QUE VOCÊ ESCREVE!

  23. Daiana disse:

    Adoro estar em alto mar… rs Bela análise, Rafa!! Sucesso!! bjs

  24. Luanna disse:

    Desde que li o seu primeiro texto, nunca mais passei uma noite sem pensar qual seria o proximo! Você é simplesmente sensacional . Sinto como se estivesse lendo a sinopse da minha historia sempre , mesmo quando as vezes nao tem a ver comigo .
    Eu sempre fui leitora fiel de textos , mensagens , poemas , enfim . Mas escritor algum nunca chegou perto do que eu sinto quando leio os teus textos .
    Tenho vontade de te abraçar e dizer o quao sou feliz de poder ler todos eles , todos os dias e quanto ja mudou varios momentos na minha vida .
    Hoje eu leria até a sua lista de supermercado , juro !
    Sua eterna leitora ! 😉

  25. Barbara disse:

    eu tô pegandos as melhores ondas possíveis 😉

  26. victor disse:

    O que Adiantou Meus Planos
    Meus Objetivos ?
    Minhas Conquistas?
    Minha Vida ?
    Se Nada Disso Você participou ..
    Trocaria Meus Planos Pelo Seu !
    Meus Sonhos Pra Viver o Seu !
    Deixo de Viver a Minha Vida
    Pra Viver a Sua !
    Deixo de Viver Por Mim
    Pra Viver Por Você !
    Deixo de Caminhar Sozinho
    Pra Caminhar Juntos .
    Tiro Todo Esse Peso Que Você Carrega
    Pra Te Deixar Mais Leve ..
    De Que Vale
    Conquistar Tudo
    Mais Quando
    Eu Acordo Eu Não te Tenho
    Não Te Vejo
    Não te Tenho Na Minha Vida ?
    -É Mesma Coisa ter Lutado Por Tudo
    & Não ter Conquistado Nada !

    Viver Por Você
    Viver Por Nós
    Só Nós

    So Você ❤

    Se puder Compartilhar em Alguma Rede Social Agradeço

  27. Damaris disse:

    Texto maravilhoso… Entro todos os dias pra ver se tem um texto novo… To com saudade dos textos…

  28. Juliana Dutra disse:

    Oi, Rafa. Tenho acompanhado a meses o seu Instagram e de vez em quando, visito seu blog para uma leitura rápida. Hoje, tomei a liberdade de passar mais de uma hora lendo suas crônicas e essa minha paixão pela sua escrita, se transformou em frustração por não poder ter seu livro em mãos. Gostaria de saber quando virá a próxima oportunidade, ja que não cheguei a tempo para comprar o primeiro lote e também gostaria de agradecer por compartilhar seu incrível talento conosco. Vc consegue, em poucas palavras, dizer tudo. E me encanta sua forma de ver a vida, a sociedade, o amor e mais tantas outras coisas.
    Aguardo ansiosamente por uma resposta sua (caso tiver a sorte de receber).

  29. Juba disse:

    FALOU TUDO E MAIS UM POUCO, RAPÁ!

  30. Daniele disse:

    Simplesmente, fantástico! adorei o texto. Amo textos que tem fundos reais, fiquei realmente encantada!A fase em que me encontro? não sei ao certo, talvez em todas exceto a 2, desiludida iludida esperançosa surfista.É confuso, mas la no mundo, talvez seja o meu normal!

  31. Alexandra disse:

    Surfandoo!
    Que texto mara …

  32. Viviane disse:

    Uaaau mais um texto incrível. É impressionante como conseguimos nos identificar com cada palavra que você escreve, conseguimos visualizar com tamanha clareza partes de nós mesmos em cada texto seu. Que Deus continue lhe inspirando para você nos tocar mais e mais com tuas palavras que traduz exatamente os momentos por nós vivenciados.

  33. OS CINCO - disse:

    […] Escrito por Rafael Magalhães – Via Precisava Escrever […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.