Perdão, eu não sabia o que era Bullying.

Me desculpem. Eu juro. É verdade! Eu não sabia o que era Bullying. Na verdade, acredito que o termo ainda não existia, e se existisse como Lei, assim como acontece hoje, eu provavelmente estaria escrevendo esse texto de dentro de uma penitenciária qualquer. Mas eu reafirmo, eu não sabia. Não fiz por mal. Por isso gostaria de pedir desculpas a todos aqueles que causei danos irreparáveis na infância e adolescência. Primeiramente queria me desculpar por cada apelido: Gonorreia, Subaquentinho, Atorado, Batoré, Rabiola, Costelinha, Joel Santana, Sonia no Picadeiro, Perereca, Poucasombra, Pelasaco, Mupetsbaby … e tantos outros que inventei ou ajudei a propagar. Queria me desculpar com Pedro Ivo por sempre esconder a muleta dele antes do sinal do recreio. Com o Leonardo Rodrigues por ter quebrado o seu dedo mindinho, por ter destruido sua agenda super sônica, por ter falado pro motorista da van que ele já tinha ido embora mesmo sabendo que ele ainda estava fazendo prova, e por aquela vez ter jogado seu estojo no vaso sanitário. (E por ter dado descarga também.) Queria me desculpar pela campanha de doativos que fiz para família do Pedro Tiago no ensino médio, por ter abaixado todas as vezes que o Arão girava seu belo nariz pro meu lado, por ter esfolado o João Ricardo naquele campeonato de golzinho, por ter feito o Pedro Fidellys fazer aquele strip-tease na calçada da minha avó, pelo estica no poste e por ter feito ele e a Nayara dançarem uma tarde inteira naquele torneio de coreografias do É o Tchan. Queria pedir desculpas ao meu irmão Leonardo por rasgar os fundos das sacolas quando íamos pegar as compras no carro e por aquela vez que enterrei seu travesseiro no pé de acerola, por ter juntamente com meu grupo de amigos , descriminado tantos coleguinhas durante a faculdade, por esconder o Hidrocin do Bruno quando ele tinha crise asmática, por provocar o Yuri Manzi só porque sabia que ele vomitava quando chorava, por ter jogado a blusa oficial do Flamengo do Rodrigo no meio do rebanho de Nelores, por ter dado um CD falsificado dos Beatles pro meu professor de redação em um amigo secreto de R$50,00 reais, por não ter ido a aula nesse dia e pedido pro Pedro Henrique entregar o presente por mim, por arremessar a ursinha de estimação da Fernanda dentro do galinheiro, por ter colado o pote de liquid paper no ventilador de teto da sala de aula e principalmente por ter deixado o Jivago levar a culpa. Queria que me perdoassem ainda por ter inventado uma Rifa e vender pro pessoal da faculdade só para eu ir pro Axé Beats em Caldas com o Henrique e o Victor , por ter colocado pó de mico no sabão aquela vez que os primos mais velhos combinaram de escorregar na área da vóvó, por ter alterado a fala do Bruno Escovinha antes da apresentação de Português, por inventar aquele ofício de suspensão e fazer o Daniel ficar 3 dias sem ir na aula, por ter roubado a sobremesa do Guia Turístico na viagem do Beto Carreiro, por ficar chamando a Mailys pra brincar de pique esconde mesmo sabendo que ela era cadeirante, por ter quebrado o pote de porcelana da tia Sonia e ter deixado o Lucas pagar o pato, por todos os trotes sem graça, por atormentar as aulas dos meus queridos professores, pelas cartinhas anônimas, por inventar novas regras no meio de qualquer tipo de jogo, por resetar o super nintendo quando o Vinicius e o Vitor faziam gol, por ter gerado tantas guerras dentro da van escolar, por rir da sua cara naquele tombo que vc quebrou a clavícula, por tudo isso, e por tantas outras coisas que minha mente ainda ingênua não reconhecia como graves. Espero que consigam superar de todo e qualquer trauma por mim causados, que sejam felizes e não alimentem nenhum sentimento de vingança, afinal, como disse, eu não sabia o que era Bullying


1 de junho de 2011

7 respostas para “Perdão, eu não sabia o que era Bullying.”

  1. Atorado disse:

    Rafael, eu ia fazer o gol !! vc sabe..

  2. Isabella Linhares disse:

    JuraA?
    So nao tinha esse nome ne?!
    Antes chamavasse indisciplina ! e vc era terrivel!!tinha q ter te colocado de joelhos no milho 3 dias e 3 noites, apalhado de vara de goiaba,ficado sem futibol,sem tv, sem telefone, sem nda a cada vez e aprontasse com alguem !Tinha q guardar a louça, jogar o lixo fora, limpar os banheiros, e trocar a roupa de cama ! SEM reclamar !kkkkkkkkkkk..
    Ainda bem q somos de epocas escolares diferentes!!
    E como vc mesmo ja disso, AGora vc ja sabe o q significa bullying! Entao nda de apelidos contra mim ! kkkkkkkkkkkk..
    Agora o castigo pra isso sao outros!!
    Adorei o texto!

  3. lais disse:

    ufa eu nao cometi esses pecados…vo pro céu 🙂

  4. marlon vinicius disse:

    estou em lagrimas, muito bom saber que eu sempre sofri bullying.

  5. Talita disse:

    Que menino atentado!!!! kkkkkk

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *