Idas e vindas

Idas e vindas

Aconteceu de novo. Brigamos como nunca, voltamos como sempre. Aquela velha desculpa de buscar as coisas que ficaram na minha casa colou mais uma vez. Aí você me aparece de camisa xadrez, porque bem sabe que eu adoro. E é claro que também estava com a barba bem feitinha, bem do jeito que me deixa maluca. Ainda por cima tomou um banho do meu perfume favorito, aí não tem quem resista. A verdade é que você já me conquistou tantas vezes, que sabe de cor o caminho do meu coração. Sei lá… Mesmo com medo de que não dê certo mais uma vez, eu ainda me sinto bem quando estamos juntos. Parece que nesses recomeços você consegue me fazer lembrar de como era especial lá no início. Nessas horas eu percebo que o homem pelo qual me apaixonei no passado ainda existe. Ele andava meio sumido, mas ontem renasceu. O problema de se permitir um flashback com alguém que você já amou é que corre-se um sério risco de acabar relembrando o porquê de ter se encantado da primeira vez. Acho que é o que sempre ocorre com a gente. A conversa flui, a saudade aperta e a recaída acontece. O seu beijo ainda mexe comigo. O cheiro da sua pele me faz falta. O seu jeito bobo de me fazer sorrir é único. A gente se gosta de verdade, disso eu não tenho dúvidas. Então me diz por que será que não conseguimos fazer a coisa funcionar? Por que a gente não cuida melhor um do outro? Eu sei que eu também tenho os meus defeitos e preciso melhorar. E juro que dessa vez, mais do que nunca, estou disposta a isso. Sabe, um dia desses, entre essas idas e vindas, a gente vai acabar se perdendo de uma vez por todas. Chega uma hora em que a mágoa fica maior que o carinho e o respeito, aí já não vai ter mais solução. Mas esse não é o final que eu desejo pra nossa história. Ontem, pela milésima vez, você me prometeu que vai mudar. Eu também repeti as mesmas juras de sempre. Que tal se dessa vez a gente se esforçasse de verdade? Que tal calarmos a boca desse povo que já não acredita mais na gente? Eu ainda acredito. E você? O que me diz?


19 de março de 2018

6 respostas para “Idas e vindas”

  1. Eu acredito q tudo pode dar certo basta a gente acreditar.

  2. Caroline Galvani disse:

    Te digo Rafa que você sabe nos emocionar perdidamente rs

    Te sigo nas redes sociais a quase 4 anos, se não me engano rs, bem lá no comecinho
    Você sempre faz escorrer lágrimas, me faz refletir sobre tudo o que está escrito e ainda pensar : “- Acho que o Rafa escreveu para mim, mais uma vez…”
    Engraçado isso não !?

    Espero que nesse encontro de Abril em SP eu consiga ir, e finalmente conhecer o homem por trás desses textos maravilhosos

    Te admiro muito Rafa,
    E espero que você escreva um texto sobre amor de mãe e filha, amor incondicional
    Minha filha fará 1 ano agora dia 27.03 e o próximo texto de segunda poderia ser algo que falasse sobre esse amor
    Amor construído diariamente nas descobertas do primeiro ano de vida de uma criança.
    Amor que achamos que nunca iríamos sentir ou encontrar apenas no príncipe encantado, porém, ele existi sim e vem de um ser inteiramente seu

    Beijoooos Rafa

  3. Bruna Dorneles disse:

    Lindo texto, reflete a realidade dos relacionamentos atuais.
    Vivo um assim, idas e vindas repletas de frustrações.
    Atualmente reatamos e fizemos várias promessas que por sinal com o decorrer dos dias já se perderam.
    Faz falta um pouco de paz na alma, mas o medo da solidão ainda me assombra.
    Talvez por isso me contente com tão pouco.

  4. Jonas Dartke disse:

    Show

  5. Luciana disse:

    Difícil é mas…o que é impossivel lara Deus? Nada

  6. Elaine disse:

    Tenho uma relação assim, mas nada sério somos amigos há mais de 06 anos. Sempre brigamos e voltamos é doido a parada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.