Melancia podre

Melancia podre

Um belo dia você acorda com vontade de comer melancia. Sim! Por que não? E então, vai até uma feira de frutas e verduras para satisfazer o seu desejo. No balcão estão expostas dezenas de opções. Têm de todos os tamanhos e cores. O preço varia de acordo com o tipo. Você examina e seleciona com cuidado. Depois, volta pra casa orgulhosa, feliz por ter escolhido a melhor melancia da feira. E passa algum tempo saboreando e matando a sua vontade. E sabe o que acontece no dia seguinte? Você tem uma tremenda dor de barriga. Passa muito mal mesmo. E então? O que você faz? É óbvio! Você xinga o vendedor e a melancia escolhida de todos os nomes possíveis e vai a uma barraca diferente e escolhe outra melancia. Volta pra casa, come e… Passa mal outra vez. E repete por inúmeras vezes… E sempre se dá mal. Por mais que mude o local da compra, o resultado acaba sendo o mesmo. Acontece que depois que o seu estômago melhora, você se esquece de tudo que passou e tenta de novo. E de novo. E de novo. Até não aguentar mais. E aí, você, em sua infinita genialidade, chega à seguinte conclusão: “Não vou mais comer melancias. Nenhuma presta! Eu odeio melancias.” Parabéns, campeã! Palmas! Sabe o que eu tenho vontade de fazer com você nessa hora? Quebrar a tal da melancia na sua cabeça e gritar: Nããããããooooo, filhona! Acorda pra vida! Não é nada disso! A culpa não é da melancia! Você não percebe? Todas as pessoas estão comendo melancias todos os dias. Melancias são ótimas! Deliciosas. Nutritivas. Fazem um bem danado! O problema não é a fruta, muito menos a barraca da feira. O problema é simples: VOCÊ NÃO SABE ESCOLHER MELANCIAS. Sim! A culpa é inteiramente sua! O seu critério de escolha está errado. Você muda de barraca, mas continua selecionando da mesma forma. Sendo assim, sempre vai escolher a fruta podre. O que precisa mudar não é o local onde você procura, mas sim o seu conceito do que é bom e o que é ruim. Porque enquanto você não mudar, as suas escolhas vão continuar lhe fazendo mal. Seja na feira da esquina ou em outro lugar qualquer. Estúpido é aquele que faz tudo sempre igual e lamenta por não ter resultados diferentes. E é claro que você sabe muito bem que esse texto aqui não é para falar sobre melancias. Mas achei melhor dar um exemplo de comida, já que de sentimentos você não entende muita coisa.


15 de fevereiro de 2016

24 respostas para “Melancia podre”

  1. Juliana disse:

    Muito bom.
    Parabéns Rafa
    A maioria querem saber só de “comer” mesmo, sem se preocupar com a qualidade.

  2. jucilene disse:

    Nossa me descreveu perfeitamente neste texto amei. ..viu rever meus conceitos!!!

  3. Daiany disse:

    levei três tapas na cara… 🙁

  4. Erica disse:

    Você é simplesmente Incrivel!
    Amo seus textos!

  5. Celzirane disse:

    ????? deleito-me, lendo todos.

  6. Rafael Santos disse:

    “Pior cego é o que não quer ver!”

  7. Larissa Lira disse:

    POIS TOME! HAHAHA
    #ARRASAMAIS RAFAEL MAGALHÃES

  8. Laura Souza ♡ disse:

    Obrigada Sr. Rafael! Você me fez descobrir uma coisa sobre mim na qual nunca havia pensado! “Eu não sei escolher melancias!” Kkkkkkkkk Sempre os mesmos erros e só você me fez abrir os olhos para isso. Muito obrigada, não só por esse texto, mas por todos os outros que me fizeram sorrir, chorar e como esse me fizeram chorar. Sou sua fã incondicional! Obrigada pelos textos, obrigada por existir e fazer os meus dias e de tantas outras pessoas mais felizes. Um abraço, de uma fã que te admira demais!

  9. Mayara disse:

    Moço, você é incrível! não tenho adjetivos para qualificar seus textos!

  10. Cíntia disse:

    Éh Rafa, eu não sei mesmo!!!

    Bjos

  11. eloisa disse:

    parabens sempre arrasando em!

  12. Talita Alves Evaristo disse:

    –‘ Não sei escolher Melancias 🙁 hauhauhauah
    arrasa nos textos ….

  13. […] texto Melancia Podre do Rafael Magalhães, postado no blog Precisava Escrever, está incrível. Nele, o Rafa faz uma […]

  14. Marisa disse:

    Só esqueceu de dizer que a “melancia podre” também é a mais bela, a mais simpática e comunicativa de todas. Coitadinha das outras pobres e diminutas melancias.

  15. Adriana Zanella disse:

    Perfeeeeito os textos! eu não sei se choro ou dou risadas.. hahahaha adooooro vc Rafa, manda muuito bem!!!
    Beijão

  16. MAYARA MARCELA MELO MIRANDA disse:

    nossaaaa que paulada #porraninha

  17. Cintia disse:

    Fantástico e divertido!!!!!! Amei e sobre as melancias hahahah… Vou tentar melhorar!!!!! Muito bom, excelente!!!!!

  18. CAROLINA disse:

    RAFA ADORO SEUS TEXTOS … VC REALMENTE E DEMAIS …. MELANCIA FOI OTIMOO

  19. Paty disse:

    Nossa texto mega perfeito, realmente é assim como tudo esta acontecendo comigo,mas ja mudei!
    Parabéns!!!

  20. Deusivania Terra disse:

    Puts … agora bem ai, sempre suspeitei disso agora tenho certeza não sei escolher melancia rsrs… Esse texto foi tipo um acorda filhona kkkk

  21. Simone disse:

    Que belo TAPÃO na minha cara. obrigada. kkkk

  22. Talita Moraes disse:

    Tomaaaaaaaaaaaaaaaaaaaat! Kkkkkkkkkk Amooooooooooooooooooo <3

  23. […] Originalmente Publicado em Precisava Escrever […]

  24. Erica disse:

    Cara nunca vou me cansar de ler este texto, a impressão que tenho é que você escreveu ele pra min hahahahah.
    Obrigada Rafa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.