Minhas paixões

Minhas paixões

Eu já fui uma mulher de várias paixões. Fui a mulher do primeiro beijo do meu romance de escola e a primeira vez do meu grande amor da adolescência. Já fui de alguém carente, de alguém egoísta e de alguém complicado. Certa vez fui de alguém que não tinha olhos pra mim e por isso nem percebeu que eu era dele. Houve um tempo em que me apaixonei por um sorriso e isso me fez acreditar que eu nunca mais precisaria ser de mais ninguém. E aí eu fui enganada. E por muito tempo jurei que nunca mais me entregaria, até que um dia eu reaprendi a amar. Algumas vezes me disputaram. Outras tantas me preteriram. Mas o meu sorriso nunca deixou de ser. De estar. Já vivi amores eternos que duraram apenas um verão. Algumas pessoas ainda são minhas e eu delas, mesmo com toda a distância que nos separa. E, claro, eu também já fui de lugares. Cidades que me marcaram profundamente. Outras tantas que eu deixei minha marca. As paisagens que eu guardei na retina da memória ninguém nunca vai tirar de mim. Hoje sou um pouco de cada uma delas. Eu já me afoguei em lágrimas vendo a lua no céu e renasci várias vezes assistindo ao nascer do Sol. Já fui de um copo e de dez. De salto e de rasteirinha. De vestido rodado e de mini saia. Eu sempre fui de corpo e alma porque nunca aprendi a ser superficial. Sou intensa por natureza. Um remédio sem bula. Uma bússola que cada dia aponta uma nova direção. Eu já fui de gente que não soube ser minha. Também já tive em minhas mãos alguns corações que eu não soube cuidar. Já fui terra. Já fui brisa. Sempre fui mar. Sempre quis voar. E voei. Depois pousei naquele abraço e fiquei enquanto souberam cuidar. É que depois de ser tanto, de ser de tantos, de ser por tantos, eu aprendi a ser minha. Agora eu voo com as minhas asas e não crio raízes durante o pouso.  Hoje sou a minha própria mulher. Dona das minhas verdades e das minhas fraquezas. E se um dia eu voltar a ser a mulher de mais alguém, sei que esse alguém vai ser incrível. Sou uma mulher que a força do tempo esculpiu. E estou muito bem assim. Coração que aprende a voar, nunca mais sobrevive em gaiolas.


19 de fevereiro de 2018

15 respostas para “Minhas paixões”

  1. Nazareth disse:

    Me identifiquei com esse texto, cada texto do precisava escrever mexe com minhas memórias.

  2. Lindo texto !
    Me identifiquei muito

  3. Vanessa Barbosa disse:

    Texto lindo e verdadeiro 👏

  4. Rene disse:

    Muito bom, siga em frente agora pra você distante é logo alí

  5. Jackeline disse:

    Tao lindo! É á minha história por completa 😢

  6. Lillian Araujo disse:

    Palavras Sábias , Mi Descreve Por Inteira , Texto Verdadeiro Que Mexe Com Cada Passo Meu …. #PrecisaEscreverTaMexendoComigo.

  7. Meyrielle Hevelin disse:

    texto maravilhoso!

  8. Camila disse:

    Amei o texto, muito lindo e verdadeiro. Super me identifiquei..

  9. Danna Antunes disse:

    Eu me atrevo a chamar isso de um dom/talento inexplicavelmente digno de ser lido, e relido várias vezes, de ser conhecido pelas pessoas, eu amei, continue fazendo isso 😍

  10. Emocionante! Parecia que estava lendo sobre minha vida…obrigada!

  11. Me retifiquei com esse texto muito lindo

  12. Flavya disse:

    Ameiiiiiiii 👏👏👏👏👏

  13. Rosilene da Silva disse:

    Me identifiquei muito com esse testo nossa.

  14. Andréa disse:

    Já fui tudo isso…hoje, eu não busco ter alguém, mas ainda quero ter a sensação de ser de alguém, de corpo, alma, coração, sonhos…e que esse alguém também seja meu…

  15. Rafaela Oliveira disse:

    Caramba!!! Que texto #federal….
    Top de linha.
    Aqui sim tem palavras que muita gente, com certeza se identificou.
    Parabéns… Aplaudindo de pé!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *